quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Incêndio da base na Antártica: Justiça Militar irá processar militar acusado


Justiça Militar recebe denúncia em caso de incêndio de base na AntárticaA primeira instância da Justiça Militar da União, em Brasília, recebeu denúncia contra militar acusado de ser responsável pela morte de outros militares (homicídio culposo) e dano a instalação militar, em decorrência do incêndio na Estação Antártica Comandante Ferraz, em 25 de fevereiro de 2012. O acusado foi denunciado pelo Ministério Público Militar (MPM).

Por determinação do juiz da Auditoria de Brasília, o processo corre em segredo de justiça a fim de resguardar informações relativas à segurança nacional e aos interesses geopolíticos da República Federativa do Brasil.

A pedido do MPM, o juiz determinou o arquivamento em relação a outros dois militares, por falta de indícios consistentes que apontassem o envolvimento dos dois.

No dia 28 de fevereiro, às 14h, terá início a instrução criminal do referido processo, com realização da qualificação e interrogatório do acusado e inquirição das seis testemunhas arroladas pelo Ministério Público Militar.

A sessão não será pública, em razão do segredo de justiça decretado.

FONTE: STM

Nenhum comentário:

Postar um comentário