Brigada Militar do Rio Grande do Sul recebe 1,2 mil armas doadas por empresários gaúchos


Empresários Gaúchos doam 1,2 mil armas para Brigada Militar

A Brigada Militar (BM) recebeu a doação de 1,2 mil armas nesta segunda-feira (10). São pistolas .40 que vieram da Áustria e custaram US$ 594 mil (o equivalente a R$ 2,3 milhões), segundo Leonardo Fração, presidente do Instituto Cultural Floresta (ICF), entidade que fez a doação.

Conforme o comandante da BM, Mario Ikeda, o armamento será distribuído aos três Batalhões de Operações Especiais ( BOE) – Porto Alegre, Santa Maria e Passo Fundo – e aos Pelotões de Operações Especiais (POE) da Região Metropolitana e para Caxias do Sul, na Serra.

— São os locais onde têm mais confrontos — salientou Ikeda, que classificou a doação como um fato “extremamente marcante”.

 — Concretizamos mais um sonho — disse.

A entrega das armas se soma aos R$ 14 milhões já doados pelo instituto, formado por um grupo de 50 empresários. Além das pistolas, já foram entregues veículos blindados, coletes a prova de balas e fuzis.

Da compra das armas até a chegada em Porto Alegre, passaram-se quase um ano. O diretor de operações do Instituto Floresta, Carlos Eduardo Vianna, explica que foram necessárias seis autorizações de três órgãos diferentes – Receita Federal, Exército e Secretaria Estadual da Fazenda. Só para uma licença, o instituto teve que aguardar seis meses.

— Importante ressaltar que tempo de produção foi rápido. O que demorou foi esse processo burocrático — observa Vianna.

Fontes: Radio Fandango e Gaucha/ZH

BRIGADA MILITAR

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul (BMRS), ou simplesmente Brigada Militar (BM), é a força de segurança pública que têm por função o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul.

No âmbito jurídico, a BMRS enquadra-se como polícia militar nos termos do artigo 42 da Constituição Federal de 1988. Os brigadianos, portanto, são considerados militares do Estado do Rio Grande do Sul.

Atualmente a Brigada Militar conta com cerca de 26.000 homens e mulheres em seus quadros, constituIndo-se na maior instituição pública do Estado. Atua no policiamento ambiental (CABM); rodoviário (CRBM); polícia fazendária (BPFaz); Corpo de Bombeiros (CCB); policiamento de suporte aéreo (BAv); unidades especializadas em áreas de fronteira (BPAF), turísticas (BPAT - Serra e Litoral); operações especiais (1º, 2º e 3º BOE), 40 unidades operacionais (BPM) e 07 regimentos (RPMon). Além disto, destacam-se o GATE (Grupamento de Ações Táticas Especiais) e os CTBM (Colégios Tiradentes); neste particular, originalmente existente em Porto Alegre, o CTBM foi ampliado e teve criadas novas unidades - São Gabriel, Santa Maria, Santo Ângelo, Pelotas, Passo Fundo e Ijuí.

Fonte: Wikipédia



Comentários

Destaques

Sindicância no âmbito do Exército Brasileiro - EB10-IG-09.001 (com download)

Filha de militar excluída do FUSEX tem direito a ser reincluída independentemente de prazo fixado por Portaria

Militar do Exército que perdeu a audição após o disparo de um tiro de canhão será indenizado

A possibilidade do militar reformado obter a 'Melhoria de Reforma'

LICENÇA ESPECIAL: STJ confirma o direito de conversão em pecúnia

STJ consolida entendimento em 11 teses sobre responsabilidade civil por DANO MORAL