quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Ex-combatentes da FEB recebem homenagem do Tribunal de Justiça do RS


Terça Lírica homenageou os pracinhas da FEB
 O Memorial do Judiciário realizou nesta terça-feira (21/8) mais uma edição do projeto Terça Lírica homenageando os veteranos da Força Expedicionária Brasileira que estiveram na Europa durante a 2ª Guerra Mundial. Dos cerca de 1800 gaúchos, parte dos 25 mil brasileiros que foram à Itália entre 1944 e 1945, hoje vivem 180, entre os quais 40 em Porto Alegre.




Grupo de Veteranos da Força Expedicionária Brasileira e
estudantes de Escola Municipal da Capital acompanharam o recital    (Foto: João Batista Santafé Aguiar) 
Manuil Piegas, João Pedro Paz, Florisvaldo Flores e Oudinat Willadino, entre 87 e 90 anos de idade, estiveram na Galeria dos Casamentos, no Palácio da Justiça, e se emocionaram com a interpretação de árias do compositor Antônio Carlos Gomes, cantadas em homenagem aos ex-combatentes. O Desembargador José Carlos Teixeira Giorgis, coordenador do Memorial, afirmou que era “um dever os brasileiros se lembrarem e homenagearem os patrícios que foram em seu nome lutar contra a tirania”.  O presidente da Associação Nacional dos Veteranos da FEB/Regional RS, Advogado Jorge Krieger de Mello, disse, comovido, que as novas gerações desconhecem os esforços do país contra a tirania e agradeceu a presença de jovens e a homenagem do Memorial e do Tribunal de Justiça aos veteranos.
As sopranos Candice Rybu Mascarello e Luciana Kiefer, com a pianista Carla Ruaro, cantaram “Quale orrible peccato”, da ópera Fosca; “O ciel di Parahyba” e “Come serenamente”, de Lo Schiavo; “Vittoria”, de Colombo, e a modinha Quem sabe. A pianista Carla iniciou a noite com a interpretação da Protofonia, de O Guarani, no piano cedido em comodato ao Memorial pela Ajuris.
Assistiram à récita os dez jovens, entre 12 e 17 anos de idade, da Escola Municipal Morro da Cruz que irão à Itália percorrer os locais por onde passaram os pracinhas durante a guerra. Giordana Pereira, Jornas Andreotti, Kamila da Maia Brusch, Lucas Batista, Marcelo Henrique Souza Rodrigues, Monique Silveira de Oliveira, Patrícia Ribeiro, Taís Eduarda Melo dos Santos, Thamires Melo da Silveira e Wellington Pereira da Silva venceram um concurso de redação promovido por uma ONG local.

Fonte: site TJRS

Nenhum comentário:

Postar um comentário